Dream Askew, Miséria e Game Chef




A Miséria ao redor do latão em chamas

Miséria é um mini-jogo sobre a vida nas ruas. Separei a construção do jogo por blocos. Eles estão divididos em: "Notas do Game Designer", "Como eu jogo isto?" e "Ao redor do latão em chamas". No primeiro bloco, já escrito (33,333333% do total) eu compartilho os bastidores da produção do jogo. Principalmente, as inspirações.

O segundo bloco ("Como eu jogo isto?", em andamento) será descrita os mecanismos do jogo. Aqui a intenção é puxar o clima dos jogos de lobisomem de party game. Todos contra 1, até que este 1 consiga conquistar todos ou que a ameaça seja derrotada. É uma lógica muito simples. E que se encaixa bem na proposta. Por exemplo:

O jogo precisa ser jogado com pelo menos 2 pessoas, mas não tem limite de participação. Apenas 1 pessoa representará uma ameaça muito forte para as demais pessoas na rua. Esta ameaça poderá escolher a sua faceta. Não seria apenas um ser humano, mas uma doença (gripe) ou uma ação da natureza (chuva intensa). Algo que causaria pânico e destruição para todos os cidadãos serem encorajados a sobreviverem. Os demais serão cidadãos. Que poderão se unir ou separar em grupos para construir sua própria comunidade ao redor de um latão em chamas. Quando um cidadão é vencido pela ameaça, ele fortalece a ameaça.



O jogo exigirá dos jogadores decisões dramáticas, que desencadeará consequências. Eu não posso contá-las, mas tudo isto será gerenciado pelo saque de cartas. Cada um terá a sua vez de sacar a sua carta e terá sempre 2 ou 3 opções para escolherem.

Eu pretendo finalizar este jogo até o final deste mês, até porque, construir uma árvore de decisões em um baralho de 52 cartas pesa bastante. E isto, é o que está efetivamente atrasando a produção.

A situação com Dream Askew

Dream Askew é um dos jogos que demonstrarei para o World RPG Fest 2015. Produzido pela Avery Mcdaldno em 2013, este Story Game conta a história de um apocalipse Queer. Imaginem construções imensas, vidas e faces arruinadas. O apocalipse não aconteceu ao mesmo tempo em todas as sociedades, mas ela foi chegando aos poucos. Recentemente, sua comunidade foi atingida e, você está desolado. O caos é instaurado, revólveres carregados, poderes psíquicos, pessoas desgraçadas que estão inconsoláveis e, no céu, um turbilhão psíquico te questionando:

O que você fará em seguida?




Isto é o que posso contar sobre Dream Askew. Eu confio que a proposta é esplêndida e, envolve diversas camadas de críticas sociais. Mas, eu venho até aqui dizer um pouco sobre o cronograma de metas e a real situação sobre a produção:

11/06 - Terminar a primeira versão da tradução.
30/06 - Terminar de realizar o gameplay.
15/07 - Finalizar a revisão do jogo.
22/07 - Submeter o arquivo traduzido para a Avery avaliar.

Atualmente o jogo encontra-se com 25% traduzido. Tenho sofrido com algumas dificuldades durante a tradução, existem muitos termos únicos da comunidade dos EUA e, que no Brasil, ainda não encontrei os apropriados. Portanto, pedi a ajuda a um parceiro que mora perto da minha cidade e que participa da comunidade Queer Nerds em BH, o Caio Gomes.

Estamos agendando ainda um gameplay do jogo e aproveitar para solucionar dúvidas dos principais termos em questão. Atualmente, todo termo que eu encontro e não consigo traduzi-lo de forma adequada eu deixo a frase toda no original. Talvez jogando o jogo, faça mais sentido a expressão a ser encaixada. É um desafio, nada impossível, mas não posso permitir que vire uma bola de neve.

Eu estou adorando o trabalho. Dream Askew será apenas disponibilizado via internet para download e gratuito.

Pronto para retornar a cozinha do Game Chef

Eu não estou participando mais da delegação brasileira do Game Chef. O que permitiu voltar a escrever. Eu não faço a menor ideia quais são os temas. Mas estou bastante empolgado e curioso com isto. O Game Chef deste ano poderá melhorar minhas capacidades como game designer e escrever jogos analógicos. Pretendo evoluir alguma das técnicas que já utilizo em escrever jogos. Não sei se isto será possível de acordo com os ingredientes e tema do concurso.

Abraços.

0 comentários:

Postar um comentário

My Instagram