Não ignore a minoria.

12:34



Este artigo foi inspirado neste post do blog Carreira Solo - Quero montar uma editora. Como fazer? A proposta é criar uma profundidade nos tópicos abordados. Demonstrar exemplos de fatos para provocarem questionamentos válidos sobre como iniciar esta carreira dolorida e prazerosa que é escrever e publicar jogos. Portanto eu continuo o artigo com a afirmação:

Não ignore a minoria.

Utilize as ferramentas de redes sociais: Facebook, Pinterest, Twitter, Youtube ou qualquer outra que estar por vir para criar um canal de comunicação com seu público. Crie conteúdos com finalidade colaborativa. Os vídeos no youtube do Tio Nitro e do Júlio Matos são um ótimo exemplo. Aproveite para utilizarem ferramentas que as grandes editoras não estão usando. Já ouviu falar do Twitch, por exemplo?

Você tem um pequeno público para fidelizar, não ignore esta minoria. Vá para universidades, escolas, eventos, aceite qualquer tipo de convite pertinente ao seu projeto e leve o seu material (jogo) pelo menos algo palpável para jogar na hora com tudo instruído. Isto fidelizará clientes tornando-se prospects. Eu já falei disto no tópico anterior sobre: "Qual é a tiragem adequada?". Faça interação com blogs, portais, fanpages e comunidades. Dê opiniões construtivas e relevantes ao tópico abordado. Saiba defender sua opinião comprovando com fatos, pesquise muito e continue apresentando para minorias.

Você está disputando seu espaço e atenção com outras pessoas que compartilham do mesmo objetivo. Divida sua participação em vários locais com pessoas distintas das comunidades que participa. A soma destas participações fará você ter maior relevância quando seu produto final estiver disponível para consumo. Após o material estiver em mãos pronto para ser distribuído reserve um percentual para os portais, blogs e videocasts de maior acesso. Engana-se aquele que está tomando prejuízo por entregar material gratuito para grandes disseminadores de informação.

Você poderá gostar também de:

0 comentários