Orientações para novatos

12:50



Estou nivelando o seu conhecimento sobre a proposta deste blog com este artigo. Responda mentalmente as três perguntas abaixo:
  • Porque eu acredito que os jogos feitos por brasileiros são excelentes?
  • Como você lida com a rejeição?
  • Este blog fala sobre o quê?
Confira as respostas clicando aqui. É ótimo para evitar equívocos.

Confesso que a maioria das discussões que participo muitas pessoas não entendem o que eu digo. O meu estilo de escrita é mais direta, algumas vezes escapam erros de português. Me desculpe se caso acontecer, não é a minha intenção. Não pretendo ultrapassar mais do que 500 palavras em um artigo. Porque eu tenho que disputar a atenção de vocês com outros conteúdos na internet.

No cabeçalho do blog à direita você encontrará informações sobre mim, a lista de jogos que eu participei e um formulário de contato. Mais a esquerda, links das redes sociais das quais participo e uma lupa para pesquisar conteúdos por aqui.

Na barra vertical à direita encontrará algum conteúdo promocional, um breve resumo de quem sou eu, links para me seguir nas redes sociais, conteúdos digitais dos jogos que tenho disponibilizados por aqui, dois índices sobre teoria e prática na minha vida de game design, lista de artigos recentes, o arquivo de todas as postagens do blog classificados por data e uma lista de sites que acompanho todas as manhãs.

Este blog não é um manual de regras para ser um game designer. Não é uma forma de educar pessoas que não tem um objetivo definido. Não é um meio de como obter dinheiro produzindo jogos. O meu comportamento mediante a comentários neste local seguirá as orientações deste post.

Você poderá gostar também de:

0 comentários