Manifesto Indie pela Criação de RPGs (em 7 frases-chave)



Ricardo Tavares, vulgo "O Jogador-Sonhador", elaborou este manifesto no grupo "RPG Indie" que encontra-se no Facebook. Acredito que é um manual interessante para quem deseja produzir jogos no formato independente pelo Brasil. Digamos que é um manual de conduta. Desde já sou grato pela contribuição.

1. ADORO JOGAR TODO O TIPO DE JOGOS E COM TODOS ELES APRENDO ALGUMA COISA. Jogos curtos e longos, cooperativos e competitivos, com dados, cartas, marcadores, miniaturas, botões, tabuleiros, com muita ou pouca gente, na mesa, no ecrã ou na nossa imaginação. Jogo sessões de RPG numa tarde ou durante anos, com velhos ou novos amigos, a partir de livros do passado milénio ou de versões prévias de um novo PDF.

2. E EU QUERO CRIAR JOGOS. Mais do que dar conselhos, construir cenários ou partilhar as minhas experiências, eu desejo assumir a responsabilidade de criar algo para alguém. Quero escrever instruções, dar receitas, indicar passos a seguir. Não só dicas ou sugestões. Quero dar às pessoas algo que possam mesmo jogar. Quero criar RPGs.

3. CRIAR É AGIR, CONCRETIZAR, PUBLICAR. Ideias há muitas, o que interessa é o que nós fazemos com elas. É trabalhando um jogo que ele cresce e se torna nosso. Não vale a pena o esconder ou esperar que alguém o faça por nós. Eu sou sempre o primeiro fã de cada um dos meus jogos e é essa paixão que me move.

4. CRIAR TAMBÉM É DUVIDAR, SONHAR, ARRISCAR. Não é só escrever um texto fluído ou criar uma capa bonita. Gosto disso mas também preciso de aprofundar ideias e canalizar emoções que me façam tomar escolhas difíceis e me levem a expandir os meus limites. Quero me redescobrir com cada jogo que eu crio.

5. E HAVERÁ SEMPRE MAIS UM OUTRO JOGO PARA EU CRIAR. O jogo que eu crio agora é o resultado de muitas ideias deixadas para trás, algumas recuperadas e aperfeiçoadas. Não tenho qualquer pretensão de criar do nada aquela obra-prima que será a última. Tranquilo, dedico-me inteiramente a cada jogo que eu crio sabendo que outros virão.

6. SEI QUE BENEFICIO POR HAVER CADA VEZ MAIS ABERTURA E TRANSPARÊNCIA. Sou a favor do uso de licenças abertas e da divulgação do máximo de informação sobre todos os projetos e publicações para que todos possamos aprender uns com os outros. Sei que é mais importante dar a conhecer verdadeiramente o meu jogo do que tentar controlar o que as pessoas acham dele.

7. E PROMOVO O TRABALHO DE OUTROS CRIADORES. Respeito os direitos de autor sobre os materiais que utilizo. Divulgo as minhas fontes de inspiração, ferramentas preferidas e referências indispensáveis. Sigo e apoio projetos novos e antigos. Faço o que posso pelo crescimento dos RPGs na minha cidade e, quem sabe, até pelo mundo inteiro.

Extra:

8. SOU INDEPENDENTE DE QUALQUER MANIFESTO!

0 comentários:

Postar um comentário

My Instagram